DIREITO à cidade, parte I - Megaprojetos, cidade neoliberal e moradia: impacto e resistências - 31a Bienal 
todos Cursos e formações ENCONTROS ABERTOS Material Educativo Projetos Workshop
DIREITO à cidade, parte I - Megaprojetos, cidade neoliberal e moradia: impacto e resistências
19.09.2014

Simpósio co-organizado por Raquel Rolnik e Zeyno Pekünlü. A primeira parte, em 27 e 28 de setembro, discute a cidade neoliberal, a política de moradia, os megaprojetos urbanos e os movimentos sociais de resistência. Reúne artistas, ativistas e acadêmicos da Turquia e de diversas cidades do Brasil.
Participantes: Arnaldo de MeloCarlos VainerCristina GouveiaEvaniza RodriguesFırat GençGuilherme Boulosİmre AzemRenato CosentinoSimone GattiVenefrida Lemos e Yaşar Adanalı.
DIREITO à cidade, parte II
acontece na segunda metade de novembro.

27 de setembro
11h30 - 13h30 – Megaprojetos, impacto e resistências, por Carlos Vainer e Yaşar Adanalı
15h - 18h – Painel de discussão e apresentação de estudo de casos, com Renato Cosentino (Comitê Popular da Copa RJ), Cristina Gouveia e Venefrida Lemos (Ocupe Estelita), Parque Augusta e Zeyno Pekünlü (Gezi Park)
18h30 - 20h30 – Projeção do filme Ecumenapolis: cidade sem limites, seguida de uma conversa com o diretor İmre Azem

28 de setembro
14h - 15h – Financeirização da moradia: a vida como uma mercadoria fictícia, por Raquel Rolnik
15h - 17h – Painel de discussão e apresentação de estudo de casos, com Fırat Genç (TOKI), Simone Gatti e Arnaldo de Melo (Nova Luz), Guilherme Boulos (MTST), Evaniza Rodrigues (UMM)

imagem: still de  Ecumenapolis: cidade sem limites, de İmre Azem
______________

Referências

Baixe o PDF do livro "Cidade Luz - uma investigação-ação no centro da cidade", realizado pelo grupo PI - Política do Impossível: 31bienal.org.br/downloads/cidadeluz.pdf

 

últimos posts
share on