Programa de Filmes da 31ª Bienal tem exibição em Londrina e Tiradentes - 31a Bienal 
todos Cursos e formações ENCONTROS ABERTOS Material Educativo Projetos Workshop
Programa de Filmes da 31ª Bienal tem exibição em Londrina e Tiradentes
07.12.2015
Em dezembro e janeiro, unidades do SESI em Londrina-PR e Tiradentes-MG apresentam programação com 9 filmes exibidos na 31ª Bienal

Um Programa de Filmes a partir da 31ª Bienal de São Paulo - Como (...) coisas que não existem constitui a etapa final do circuito de itinerâncias da exposição, que já percorreu 11 cidades brasileiras e uma estrangeira em 2015. A curadoria audiovisual composta por nove filmes será apresentada nas unidades do SESI localizadas nas cidades de Londrina-PR, Centro Cultural SESI (de 15 a 19 de dezembro de 2015) e Tiradentes-MG, Centro Cultural Yves Alves (de 12 a 16 de janeiro de 2016). São cinco módulos de projeções exibidos durante cinco dias e repetidos em horários diversos.

As mostras itinerantes da 31ª Bienal de São Paulo são adaptadas aos diferentes lugares onde são apresentadas, não somente em relação à arquitetura mas também às comunidades locais. A última edição da Bienal, ocorrida em 2014, formou-se quase que inteiramente por obras produzidas nos últimos dois ou três anos – grande parte delas criadas por artistas internacionais em residência no Brasil –, e 60% inéditas, comissionadas para a mostra.

Dos nove vídeos que integram o Programa de Filmes, seis foram criados especialmente para a ocasião da 31ª Bienal: Alta Costura n. 3. Carnaval: uma máscara é sempre ativa, de Ines Doujak e John Barker; Nuvens escuras do futuro, de Prabhakar Pachpute; Letra Morta, de Juan Perez Agirregoikoa; Apelo, de Clara Ianni e Débora Maria da Silva; Contando as estrelas, de Nurit Sharett e Nada é, de Yuri Firmeza. A seleção ainda inclui Inferno, de Yael Bartana; País das maravilhas, de Halil Altindere e Ymá Nhandehetama, de Armando Queiroz, Almires Martins e Marcelo Rodrigues.

A curadoria do Programa de Filmes é assinada por Charles Esche, Galit Eilat, Nuria Enguita Mayo, Pablo Lafuente, Oren Sagiv, e pelos curadores associados Benjamin Seroussi e Luiza Proença.

Saiba mais sobre a 31ª Bienal de São Paulo - Obras selecionadas

1º Módulo
15 Dez 2015 • Sessões às 15h e 19h30 no SESI Londrina
12 Jan 2016 • Sessões às 16h no SESI Tiradentes

País das maravilhas (2013) • Halil Altindere
O trabalho deste artista turco é uma espécie de videoclipe que apresenta o grupo local de hip-hop Tahribad-ı İsyan. A obra capta a inquietação gerada pela excessiva gentrificação de Istambul, agravada nos protestos do parque Gezi, em 2013.

Alta Costura n.3. Carnaval: uma máscara é sempre ativa (2014) • Ines Doujak e John Barker
Este projeto de pesquisa baseia-se em uma coleção de têxteis da região andina, enriquecidos por diversas outras mídias. No vídeo mostrado aqui, ambientado com um padrão de losangos e povoado por personagens exóticos, o tema do carnaval é usado para metaforizar as relações de poder na América Latina.

 

2º Módulo
16 Dez 2015 • Sessões às 15h e 19h30 no SESI Londrina
13 Jan 2016 • Sessões às 16h no SESI Tiradentes

Contando as estrelas (2014) • Nurit Sharett
Em uma jornada que a levou de Natal a São Paulo, Nurit Sharett documenta os autoproclamados descendentes de cristãos novos – ou anussim – judeus forçados a se converter ao catolicismo pela Inquisição portuguesa no século 15. Agora os herdeiros dessa memória escondida pedem para voltar ao judaísmo.

 

3º Módulo
17 Dez 2015 • Sessões às 15h e 19h30 no SESI Londrina
14 Jan 2016 • Sessões às 16h no SESI Tiradentes

Nuvens escuras do futuro (2014) • Prabhakar Pachpute
Esta animação aborda as tradições das comunidades de mineiros na Índia, tema que se relaciona fortemente com o Brasil e outros países da América Latina. O artista acentua a ética de trabalho e a solidariedade presentes no trabalho nas minas.

Letra morta (2014) • Juan Perez Agirregoikoa
Filmado na periferia de São Paulo e com não atores locais, Letra morta baseia-se em O evangelho segundo São Mateus (1964), de Pier Paolo Pasolini. O filme conserva elementos formais e estéticos do original, mas o roteiro aborda alguns versículos bíblicos não considerados pelo diretor italiano.

 

4º Módulo
18 Dez 2015 • Sessões às 15h e 19h30 no SESI Londrina
15 Jan 2016 • Sessões às 16h e 19h30 no SESI Tiradentes

Apelo (2014) • Clara Ianni e Débora Maria da Silva
Apelo foi filmado num cemitério criado em 1971 pelo governo militar para receber cadáveres de suas vítimas. A obra conecta atos de violência do passado aos do presente, por meio do discurso de Débora Maria da Silva, cujo filho foi assassinado em 2006 por esquadrões da morte da polícia militar de São Paulo.

Ymá Nhandehetama (2009) • Armando Queiroz, Almires Martins e Marcelo Rodrigues  
Do encontro de Almires Martins, indígena do povo guarani, com o artista Armando Queiroz, quando realizava uma pesquisa sobre estigmas históricos do contexto amazônico, nasceu esse vídeo que, em guarani, significa “antigamente fomos muitos”. A direção de fotografia é de Marcelo Rodrigues.

 

5º Módulo
19 Dez 2015 • Sessões às 15h e 19h30 no SESI Londrina
16 Jan 2016 • Sessões às 16h e 19h30 no SESI Tiradentes

Nada é (2014) • Yuri Firmeza
Partindo de uma pesquisa sobre a cidade de Alcântara, a primeira capital do Maranhão, como espaço de manifestação de projetos nacionais de diferentes períodos, o filme aborda a tradicional Festa do Divino Espírito Santo, representativa da vocação presente da cidade.

Inferno (2013) • Yael Bartana
A artista israelense filma a inauguração de um templo grandioso, sua destruição e o culto a seus escombros. O ponto de partida é a construção de uma réplica do Templo de Salomão em São Paulo, pela Igreja Universal do Reino de Deus, com pedras importadas de Israel.

31ª Bienal de São Paulo - Obras selecionadas - Londrina
Centro Cultural SESI
15 a 19 de dezembro de 2015
Rua Maestro Egidio do Amaral, 130, Centro, Londrina-PR
ter-sex: 13h - 22h, sáb: 14h - 22h
Informações: (43) 3322 3231

31ª Bienal de São Paulo - Obras selecionadas - Tiradentes
Centro Cultural Yves Alves
12 a 16 de janeiro de 2016
Rua Direita, 168, Centro, Tiradentes-MG
seg - qui: 9h - 18h, sex, sáb: 9h - 22h
Informações: (32) 3355 1503 / 3355 1364

últimos posts
share on